• Post author:
  • Post category:Dicas

Elimine pulgas e carrapatos do seu pet com as dicas deste conteúdo.

Seu animalzinho já teve pulgas e carrapatos? Provavelmente, sim. Essa situação pode acontecer com diferentes bichinhos e, às vezes, é muito comum. No entanto, será que você busca combater pulgas e carrapatos da maneira correta?

Esses parasitas causam muito incômodo e desconforto nos pets, podendo até transmitir doenças. Por isso, é muito importante cuidar corretamente do seu cão ou gato para evitar esse acontecimento. Geralmente, um dos sinais mais perceptíveis da infestação é a coceira.

Continue lendo e entenda tudo sobre o assunto para cuidar do seu pet da melhor maneira.

Diferença entre pulga e carrapato

como acabar com pulgas e carrapatos

Entender o tipo de infestação que afeta o seu bichinho é o primeiro passo para eliminá-la corretamente. A forma mais simples é analisar o tamanho dos parasitas para diferenciá-los.

As pulgas, geralmente, são menores, têm capacidade de saltar e podem ser vistas por pontinhos pretos na pelagem do animal. Já os carrapatos são bem diferenciados por seu tamanho, pois são maiores que as pulgas. Os machos apresentam uma coloração mais amarronzada e as fêmeas são avermelhadas.

Quando as pulgas e carrapatos infestam cães e gatos?

Basicamente, qualquer animal pode ser infestado por pulgas e carrapatos. Porém, os gatos costumam ser mais acometidos pelas pulgas e os cachorros têm facilidade de se infestar pelos dois parasitas.

Os momentos mais comuns de infestação por esses parasitas são passeios no parque e contato com outros animais. Além disso, é comum isso ocorrer em animais criados em quintais espaçosos e que vivem em lugares com uma grande área externa verde.

O ambiente que os carrapatos mais gostam é a grama, que, por esse motivo, é sempre sinal para alerta, já que as pessoas sempre levam seus pets para passear em lugares abertos. As pulgas costumam se instalar na região das costas, orelhas, abdômen e base da cauda. Os carrapatos preferem se alojar entre as patas e orelhas dos cães e gatos.

Como combater pulgas e carrapatos nos bichinhos?

Para eliminar esses parasitas do seu animal, existem algumas estratégias. Contudo, quando notar que o seu cão ou gato está se coçando muito e apresenta pequenas lesões no corpo, é fundamental consultar um especialista para lidar com o problema da maneira mais adequada.

Algumas formas de tratar os animais de estimação que apresentam pulgas ou carrapatos são:

Xampus

Os xampus antipulgas ajudam a tratar o bichinho que já foi infestado pelos parasitas. Apesar de parecer uma solução mais simples, é importante ter muito cuidado com esse produto, pois possuem substâncias químicas que podem causar complicações no animal caso sejam ingeridas.

Coleiras

Outros itens cada vez mais usados nos animaizinhos para acabar com as pulgas e carrapatos são as coleiras antipulgas. Normalmente, elas são feitas de silicone e contêm componentes que se espalham pelo organismo do pet por meio da própria pele. Uma de suas vantagens é a durabilidade, que pode chegar a 6 meses de — sendo muito maior que diversas outras soluções.

Sprays

Os sprays também são produtos bastante utilizados pelas pessoas e recomendados por veterinários. Além de serem fáceis de aplicar no bichinho, isso pode ser feito com o pelo seco.

Medicamentos

Atualmente, existem também comprimidos que combatem as pulgas e carrapatos em cães e gatos. Em diversos casos eles são mais usados em situações em que há uma infestação mais grave. Ainda, além de tratar essa condição, os medicamentos podem prevenir a presença desses parasitas nos bichinhos por meses.

Agora que você sabe como cuidar do seu animalzinho que está sofrendo com coceira e até prevenir que ele seja infectado pelas pulgas e carrapatos, utilize o meio mais indicado pelo seu veterinário e mantenha sempre o seu pet protegido.