• Post author:
  • Post category:Medicina

A dor de dente ocorre quando há algo errado prejudicando a sua boca, que pode ser desde um dente podre, uma simples cárie ou até mesmo uma infecção, causando sensibilidade, dor aguda e irritabilidade.

Sentir um dente dolorido ou latejante pode ser o primeiro sinal de que há alguma coisa errada. Quando essa dor não é investigada por um dentista especializado em canal, o que era simples pode se tornar algo mais grave. 

Essa dor pode evoluir até se tornar uma infecção, causando sintomas como:

  • Dor;
  • Inchaço;
  • Febre alta;
  • Vermelhidão.

Esses sintomas indicam que o seu organismo está tentando combater a infecção, além das indicações básicas, também podem surgir mau hálito e gosto ruim na boca que não desaparecem nem mesmo após a escovação.

Entre os sinais de que uma cárie evoluiu para uma infecção na polpa dos dentes, podemos destacar:

  • Febre;
  • Inchaço no pescoço;
  • Inchaço nas bochechas;
  • Dor latejante no dente e maxilar;
  • Sensibilidade a alimentos quentes e gelados.

Ao sentir qualquer um desses sintomas, o mais indicado é procurar por uma clínica especializada em periodontia mediante para evitar que a infecção se espalhe e atinja outras partes do corpo.

Como a má higiene bucal pode causar doenças bucais?

dor de dente
Dor de dente: quando se torna grave? 2

O ato de escovar os dentes deve fazer parte da rotina de todas as pessoas, principalmente após as refeições e antes de dormir. Uma boa escova dental, fio dental, pasta de dente e enxaguante bucal devem fazer parte da escovação.

Se a pessoa utiliza aparelho transparente, o cuidado com a higiene bucal deve ser redobrado, isso porque a má higiene bucal pode causar danos que podem prejudicar o tratamento ortodôntico. 

Caso a escovação não seja constante ou feita de forma desleixada, pode ocorrer o acúmulo de restos de alimentos nos dentes, provocando um ambiente ideal para a proliferação de bactérias que podem causar diversos danos na estética do seu sorriso e na saúde bucal.

Confira as características de algumas dessas doenças:

  1. Câncer bucal e lesões

Qualquer tipo de inflamação ou infecção que ocorra no organismo, quando não tratada logo no início, pode causar lesões celulares para as quais não tem cura.

Estes machucados podem promover a multiplicação das células que acabam originando lesões cancerígenas e tumores.

  1. Cáries

Um dos problemas mais comuns causados pela falta de higiene bucal são as cáries, principalmente nas crianças, que podem precisar procurar por um dentista infantil 24 horas.

As cáries são formadas a partir do acúmulo de alimentos dos dentes e da falta de escovação adequada.

  1. Endocardite bacteriana

A endocardite bacteriana é um dos problemas mais graves causados pela falta de higiene bucal, pois é uma doença que afeta diretamente o coração através de uma infecção, e nos estágios mais perigosos, pode até mesmo levar até a morte.

  1. Aftas

Apesar de não haver uma causa específica para o surgimento das aftas, a má higiene bucal pode ser um fator agravante para o seu surgimento e também para a lentidão da sua cura. 

As aftas são lesões brancas que surgem pela boca e que costumam causar dor e incômodo.

Como aliviar e tratar a dor de dente

Quando surge a dor de dente, o mais indicado é procurar por um dentista para tratamento de canal imediatamente. Entretanto, se não houver essa possibilidade, o bochecho com água morna e sal pode ajudar a aliviar a dor. 

Isso porque o sal é um agente que ajuda a drenar os fluidos da infecção, reduzindo a pressão do dente e aliviando a dor. Chupar uma pedra de gelo e utilizar bolsa térmica gelada também pode ajudar, pois o gelo reduz o fluxo sanguíneo e ajuda a desinchar.

Já no consultório do dentista, o primeiro passo é identificar a origem da dor para poder tratar o problema corretamente. No caso de cáries, o tratamento mais adequado é a restauração do dente.

Mas se houver a exposição da raiz do dente, é necessário realizar a aplicação de flúor, recobrimento local ou até mesmo o enxerto da gengiva, dependendo do grau da gravidade do problema.

Quando há um maior comprometimento da polpa do dente, a única solução é realizar o canal, e se a situação estiver muito avançada, pode até mesmo ser necessário concluir a extração desse dente.

O uso de remédio como analgésicos e anti-inflamatórios pode ajudar no controle da dor e da infecção, entretanto, é importante lembrar que os mesmo só devem ser utilizados quando indicados por um dentista através de receita médica, com a avaliação do problema.
Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.