Para ter uma boa saúde é preciso dormir bem. Mas e quando a pessoa simplesmente não consegue ou então já acorda cansada?  Estima-se que 40% das pessoas sofram com a apneia do sono, que é um dos distúrbios do sono mais comuns. Felizmente, existem diversos tratamentos para esse distúrbio como medicamentos e exercícios para a apneia do sono.

Muitas pessoas confundem a apneia do sono com um ronco comum e por isso não dão a devida atenção. Porém, ao contrário daquele ronco comum, quem tem apneia também costuma engasgar durante a noite e também acordam diversas vezes durante a noite, o que faz com que essas pessoas acordem cansadas, com dores de cabeça e outros sintomas.

7 exercícios para apneia do sono que você pode fazer em casa

O que é apneia do sono?

A apneia do sono é um distúrbio que causa pequenas paradas respiratórias durante o sono. É bem comum que algumas pessoas tenham essas paradas pelo menos durante alguns segundos do sono, o problema é quando elas se tornam frequentes, o que pode causar uma série de complicações de saúde, como a resistência à insulina e a pressão alta, por exemplo.

Essas interrupções na respiração fazem com que a pessoa acorde diversas vezes durante a noite, muitas vezes sem nem perceber. Isso faz com que elas acordem mais cansadas e fiquem sonolentas durante todo o dia, o que prejudica a qualidade de vida de quem sofre com essa condição, uma vez que afeta o humor, a produtividade, a capacidade de concentração e raciocínio e causa dores de cabeça.

A apneia do sono também está relacionada a uma série de doenças como a depressão, a pressão alta, a diabetes, infarto e AVC. Alguns estudos também indicam que indivíduos que sofrem com a apneia do sono também possuem mais dificuldade de perder peso.

sono testosterona

Estima-se que 40% da população sofra com a apneia do sono. No entanto, grande parte dessas pessoas ignora a existência do problema. É muito comum que confundam a apneia do sono com o ronco, uma vez que o principal sintoma da apneia é o ronco. Além dele, esse distúrbio possui também outros sintomas:

  • Engasgos durante o sono;
  • Sono agitado;
  • Sensação de cansaço ou sonolência durante o dia;
  • Dores de cabeça, principalmente de manhã;
  • Ronco muito alto e irregular;
  • Muita sede ao acordar.

Caso o indivíduo apresente algum desses sintomas, é importante procurar um médico para que as condições do paciente sejam avaliadas. Exames como a polissonografia, exames de sangue e avaliações com o cirurgião dentista podem ser solicitados.

Exercícios para a apneia do sono: por que eles são importantes?

Que os exercícios físicos são muito importantes para garantir mais saúde e qualidade de vida a um indivíduo, isso não é novidade para ninguém. A prática constante de alguns exercícios podem melhorar até mesmo o sono, diminuir os roncos, o que é de grande ajuda para quem sofre com a apneia. Mas por que os exercícios para a apneia do sono são importantes?

sono de qualidade terceira idade
7 exercícios para apneia do sono que você pode fazer em casa 5

A prática de exercícios físicos melhora a respiração e também aumenta a produção de melatonina, hormônio responsável pela regulação do humor e também do sono. Além disso, alguns exercícios específicos para a região da garganta ajudam a fortalecer os músculos dessa região, auxiliando a reduzir o ronco e a apneia do sono.

Vale lembrar que os exercícios para a apneia do sono devem ser prescritos por um profissional especializado, pois somente ele saberá orientar o paciente quanto à maneira correta de realizar os exercícios e assim obter algum resultado.

Também é importante ressaltar que embora a prática de exercícios para a apneia do sono seja de grande ajuda, principalmente nos casos de apneia do sono mais leves, somente os exercícios não são suficientes para evitar a apneia em casos mais graves. Em alguns casos é necessário o uso de medicamentos, aparelhos para apneia do sono e até mesmo cirurgias.

Quais são os melhores exercícios para a apneia do sono?

dormir melhor

Existem diversos exercícios para fortalecer a região da garganta, do palato duro, do palato mole, da língua e das bochechas que podem ser de grande ajuda para quem sofre com a apneia do sono. Muitos desses exercícios são bem simples e podem ser realizados em casa, às vezes com a ajuda dos dedos ou de uma escova de dentes.

Vale lembrar que a orientação de um profissional especializado é fundamental, pois ele saberá orientar quanto aos melhores exercícios e qual a melhor forma de realizá-los. Aqui estão os sete exercícios mais indicados:

  • Colocar a ponta da língua atrás dos dentes da frente e, em seguida, empurrá-la para a parte de trás, como se estivesse “varrendo o céu da boca”;
  • Colocar a ponta da língua na parte mais alta do palato duro e tentar empurrá-lo para cima;
  • Encostar a língua inteira no céu da boca, fazendo um  vácuo;
  • Levantar o “sininho” da boca (úvula);
  • Contrair e segurar o sininho da boca durante 10 segundos;
  • Apertar os dedos contra as bochechas
  • Fazer uma “prancha” com a bochecha.

Outras formas de tratar a apneia do sono é evitar dormir de barriga para cima, manter o peso sob controle, tratar doenças pré-existentes como a rinite alérgica, parar de fumar e evitar o consumo de álcool à noite.